Friday, September 25, 2015

Chris Oliveros

Here's what Chris Oliveros had to say 25 years ago. Unfortunately things didn't improve much a quarter of a century later.


Chris Oliveros, Drawn & Quarterly # 1, Spring 1990.

4 comments:

Sérgio said...

In my opinion it actually has improved a lot. I bet Oliveros didn't think his "little" comic book anthology would become such a thriving publisher, getting out so much books out that couldn't be more different from the stuff he decries in that introduction...

Isabelinho said...

Olá Sérgio:

Não concordo, mas a estatística está no post mais acima. A Drawn & Quarterly é o que se pode chamar uma "boutique editing house". O próprio Oliveros disse que não desejava transformar a Drawn & Quarterly numa grande editora. E isto por razões que me parecem óbvias. Para apelar a 93% do mercado teria que a transformar numa editora completamente diferente. Que se mantenha assim por muitos e bons é o que desejo...

Sérgio said...

Tem razão em dizer que a D&Q é "boutique" mas não deixa de ser verdade que evoluíram muitíssimo na sua capacidade de chegar a um público mais amplo, basta ver que as suas edições deixaram de estar confinadas aos comic book shops e podem chegar a um público mais amplo e variado nas livrarias.

Quanto à estatística, diria que só prova que o consumo de BD está ao mesmo nível qualitativo do consumo de outras artes hoje em dia, como a música, cinema ou literatura. Dificilmente a Banda Desenhada pode ir além disso se as outras artes não o conseguem...

Mas entendo como isso pode ser deprimente, apesar de estar muito longe de achar que tudo o que é BD de género é mau.

mahendra singh said...

I think that, on the whole, the recent "renaissance" of the NA comix industry has made nothing better, nothing worse. In fact, on the whole, most NA comix publishers would not dream of doing anything like the work that they championed so long ago. Some people might find that worse, I don't know anymore.

Artistic and commercial obsolescence in less than a generation, and soon the cycle will be a just few years as cultural amnesia worsens.

Middle age is like that, kids.